Será que a Igreja Católica já teve uma papisa?

Na História da igreja se menciona a existência da papisa, será realmente que uma mulher teria assumido o trono de Pedro? Supostamente João teria chegado ao Vaticano e os cardeais ficaram ludibriados com o saber que João possuía e por alguma falcatrua conseguiu ascender ao trono, mas por debaixo das volumosas roupas papais havia uma mulher ao qual ficou oculta e ninguém desconfiava do golpe, até um dia de procissão, supostamente numa rua estreita ao Coliseu a igreja de são Clemente, a papisa teria dado a luz diante de todos que acompanham o trajeto. Era costume naquela época os papas serem transportados numa liteira, dignos dos soberanos e, sofrendo as dores do parto não conseguiu conter o nascimento ao qual todos ficaram assombrados, uma ala de cardeias mais conservadores se ajoelharam diante do acontecimento e exclamaram: "Milagre".



A crença mais aceita é que Joana teria morrido de complicações durante o parto e ficou grávida de um guarda suisso, outra versão era que os fieis a amarraram num cavalo e a apedrejaram até a morte.

Depois deste fato, ficou decidido que os futuros eleitos ao trono papal teriam que passar por uma prova, o qual o camerlengo tinha a terrível função de introduzir um vaso por debaixo das vestes do candidato e em seguida por a mão, se por acaso  a mão do camerlengo ficasse cheia, então estava aprovado e se caso a mão afundasse, o candidato estava literalmente impossibilitado de assumir o trono de Pedro.


Por Guilherme Paixão Campelo


Guilherme Paixão Campelo é filósofo e escritor. Escreve artigos para diversos sites e blogs na internet, além de escrever sobre vários assuntos. Possui três livros publicados: Tratado sobre a Existência de Deus - Segundo a evolução do Espírito; Reflexões para uma Nova Filosofia - Do Pensamento a evolução do Espírito e  Complexo de Gramática Latina.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...