Nada é por acaso - Zíbia Gaspareto


Nada é por acaso os acontecimentos em nossa vida. É isso o que a escritora espírita quer nos mostrar em sua obra "Nada é por acaso", do romance ditado por Lucius.
Contudo, não é de hoje que a ciência e a filosofia tenta desvendar os mistérios que envolvem o outro mundo, ou seja, o além da vida.
Mas, a história abordada em Nada é por acaso consiste numa trama  de cunho amplamente espírita, ao qual nos faz pensar e refletir sobre a vida de forma geral, abstraindo a essência da teoria da reencarnação.
Há um bom número de pessoas que não acreditam na reencarnação, sobretudo, os cristãos. Mas, percebe-se hoje que a humanidade está se valendo de estudos que envolvem o tema e alguns pré-juízos quanto a isso estão perdendo o terreno, como antigamente.
Em outros tempos, se falar em reencarnação, logo as pessoas interpretavam essa teoria como sendo uma coisa maligna e logo se dissipavam críticas e preconceitos mal elaborados sobre isso.
Em Nada é por acaso, a escritora espírita nos transmite uma mensagem de paz e sabedoria e tenta nos mostrar a veracidade das desigualdades humanas, pois na vida tudo acontece para um único fim: a evolução espiritual do ser humano em sua finitude.
Com um desfecho surpreendente, em Nada é por acaso é retratado um drama espiritual, onde Marina, uma jovem do interior de São Paulo luta para se tornar advogada e quando está prestes a exercer a profissão recebe uma proposta irrecusável de um milionário, Adele.
Adele lhe propõe pagar uma altíssima quantia em dinheiro para gerar um filho, de depois seria entregue a sua filha, Maria Eugênia, que era estéril.
O plano é arriscado, pois com a vinda da criança, a empresa  de Adele teria um herdeiro e não passaria para mãos desconhecidas.
O menino chega, trazendo luz para Henrique, seu pai biológico e Maria Eugênia, que se tornaria mãe, graças a disponibilidade de Marina em oferecer o ventre para gerar um filho.
Mas, no decorrer dos fatos, Maria Eugênia passa a aceitar Dionísio como seu legítimo filho e é colocada mediante os acontecimentos que aconteceram no passado, sendo que Dionísio fora Denis no passado, um grande amor que conquistou o coração de Marie, que se reencarnou em Maria Eugênia.
No decorrer doa acontecimentos, todos os envolvidos acabam se tendo um encontro, a fim de reparar os erros do passado e conhecer a leis que regem a vida, esclarecendo que na vida nada é por acaso.

Por Guilherme Paixão Campelo


Guilherme Paixão Campelo é filósofo e escritor. Escreve artigos para diversos sites e blogs na internet, além de escrever sobre vários assuntos. Possui três livros publicados: Tratado sobre a Existência de Deus - Segundo a evolução do Espírito; Reflexões para uma Nova Filosofia - Do Pensamento a evolução do Espírito e  Complexo de Gramática Latina.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...