Como polir carros*


Polir carros é muito comum hoje em dia, pois as pessoas costumam fazer este procedimento para deixar o carro mais agradável e bonito. Portanto, o método de polir carros denomina-se o processo de abrasão, onde é retirada uma camada de verniz que já está velha e gasta e passe-se outra camada de verniz sobre a pintura automotiva.
Em geral, muitas pessoas acreditam que polir carros é uma tarefa muito fácil e não exige muitos conhecimentos sobre este processo. Mas a realidade sobre polimento de automóveis é bem distinta do que normalmente imaginamos.


Para polir um automóvel é recomendado que se faça um treinamento voltado para este fim e também ter algumas instruções para não cometer nenhum estrago na pintura do carro. Para isso, é importante pedir dicas a um profissional sobre como polir carros.

Como polir carros
Antes de tudo, se você pretende polir seu próprio carro ou de algum amigo, é preciso lavar bem a superfície onde vai ser polida. A poeira sobre a lataria pode interferir no polimento e ao invés de polir vai deixar seu carro com uma aparência pouco satisfatória.


Após a lavagem do carro é preciso analisar o estado do verniz e identificar alguns danos na pintura como, por exemplo, os riscos na superfície metálica.

  • Névoa de tinta e poeira de freio – são contaminações que estão presentes na superfície e a deixa muito áspera e grossa. Alguns tipos de poluição industrial também acarretam este problema e ocasiona a perca a perca do brilho. Para eliminar essas contaminações utiliza-se em geral Clay Bar. 
  •  Swirls – os swirls consistem em marcas pequenas e são causadas pela lavagem e secagem do automóvel, de forma correta.


Após reparar alguns danos na superfície do automóvel é hora de dar continuidade no polimento. Para executar um bom polimento é preciso utilizar uma boina 100%, que deve se aplicada na superfície.
Esta boina deve ser usada uniforme e não deve ser inclinada e se a boina for inclinada, cerca de 30% entra em contato com a superfície e há uma pressão exagerada sobre a pintura do automóvel. A pressão sobre a pintura ocasiona um fenômeno conhecido como holografias.
As holografias são causadas por dois motivos: pela boina de lã e também por polidores mais abrasivos e a outra causa da holografia é causada pela inclinação da boina, que é considerada a holografia que mais danifica a pintura.


O ideal é manter sempre as boinas limpas e quando ela estiver muito suja é recomendado limpá-la com Escova Condicionadora de boinas e também lave com água e sabão neutro.
Comece o processo de polimento escolhendo áreas pequenas, como por exemplo, 50x50 cm. Efetue todo o procedimento até remover completamente todas as marcas existentes e após finalizar completamente, passe a polir outra área.
Você deve polir sempre na sombra e a lataria deve estar fria. Evite fazer o polimento com o carro exposto ao sol.


Ao trabalhar com o produto Politriz, evite fazer muita pressão com esse produto sobre a superfície, pois agindo assim, o produto ao invés de polir vai criar holografias. O recomendável é passar o Politriz suavemente, sem muita pressão para não ocasionar danos a pintura.
Após esse processo é hora do lustro. O lustro consiste na etapa final do polimento e é responsável por eliminar as marcas de chuva ácida e holografias.

Por Guilherme Paixão Campelo


Guilherme Paixão Campelo é filósofo e escritor. Escreve artigos para diversos sites e blogs na internet, além de escrever sobre vários assuntos. Possui três livros publicados: Tratado sobre a Existência de Deus - Segundo a evolução do Espírito; Reflexões para uma Nova Filosofia - Do Pensamento a evolução do Espírito e  Complexo de Gramática Latina.

* Artigo publicado em outros sites e blogs
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...