Os 10 livros mais lidos de todos os tempos



 A literatura se constitui num produto cultural, diferente dos pressupostos da história. A literatura está voltada para a emoção e sentimentalismo, cujas obras clássicas conseguem despertar nos leitores a sensação de emoção e aventura.
Ao gênero que caracteriza a literatura estrangeira, é o drama abordado, caracterizado por obras como mistérios e milagres e a poesia lírica, sobretudo, a obra de Homero.
A literatura estrangeira está idealizada em transmitir fatos de entidade fictícia, que explora a imaginação e a curiosidade do leitor. Por esta razão, a lista dos [dez melhores livros do gênero da literatura estrangeira de todos os tempos] é ainda considerada clássica, pois abordam assuntos que ao longo do tempo não deixa de ser vivenciado pelas pessoas; a emoção e o sentimentalismo, a curiosidade e o prazer por ler os grandes nomes da história da literatura universal.
Os livros abordados, como os dez melhores livros de todos os tempos narram passagens históricas, drama e momentos cruciais do pensamento universal. A literatura estrangeira foca momentos importantes da história e os autores abordam uma visão irrisória e cômica da realidade. Os dez melhores livros abordam um gênero de emoção, drama e passagens pitorescas sobre a realidade e o pensamento de um determinado momento da história.
Lista dos dez melhores livros de literatura estrangeira:
1.            Guerra e Paz – Liev Tolstói – Obra publicada entre 1865 e 1869. É considerada uma das obras mais volumosas da literatura de todos os tempos. A obra aborda a história da Rússia até o governo de Napoleão Bonaparte. Guerra e Paz é um romance, pois a obra discorre sobre fatos históricos e na época não foi considerada um romance por alguns críticos de literatura.
2.             1984 de George Orwell – obra publicada em 1949 é o último romance de Orwell que aborda a vida aprisionada de Winston, se sujeita a engrenagem totalitária em que a sociedade se vê dominada pelo Estado. A obra 1984, como literatura estrangeira passa a ser rapidamente e ganhou grande aceitação entre o público.
3.            Ulisses de James Joyce (1922) – É considerado o principal romance do século XX e possui o intuito de provocar o leitor. O livro narra às aventuras de Leopold Bloom. Joyce utiliza-se de recursos culturais e desafio leitores e críticos de literatura em todo o mundo.
4.            Lolita de Vladimir Nabokov, publicado em 1955. Considerado um das dez melhores obras da literatura estrangeira. É um drama, onde Humbert conversa com o leitor sobre seu julgamento pelo fato de ter se apaixonado por Dolores Haze (Lolita), sua enteada de doze anos.
5.            O som e a Fúria de William Faulkner. Obra publicada em 1929 aborda o declínio da aristocracia sulista dos Estados Unidos e Faulkner explora o artifício estilístico, ordenando sua obra como um quebra cabeças e considerada um dos dez melhores livros de todos os tempos.
6.            Rumo ao Farol de Virginia Woolf, 1927 – Considerado um dos dez melhores livros da literatura estrangeira. Virginia Woolf discorre de uma narrativa envolvente envolvendo as tensões e fidelidades de uma família.
7.            Ilíada e Odisséia de Homero, século VIII a.C – Considerado o poema grego mais antigo da literatura mundial. Homero descreve nessas obras os acontecimentos e os fatos da guerra de Tróia. A Odisséia figura-se entre os maiores clássicos da literatura de todos os tempos. A obra trata das aventuras de Ulísses e seu regresso a sua terra de origem, após os dez anos da guerra de Tróia.
8.            Orgulho e Preconceito de Jane Austen, 1813 – Austen narra às possibilidades de ascensão social na Inglaterra do século XVIII era limitadas, para as mulheres sem qualquer tipo de dote e ao longo da obra, Jane Austen faz uma crítica à futilidade das mulheres inglesas.
9.            A Divina Comédia de Dante Alighieri, 1321 – também considerado um dos dez melhores livros de literatura de todos os tempos. A Divina Comédia é um poema épico e com fundo teológico. É dividido em três partes distintas: Inferno, Purgatório e Paraíso.
10.        O Homem Invisível de Ralph Ellison, 1952 – é um clássico da literatura americana de todos os tempos. É uma obra que constantemente é republicada, citada e é motivo de muitos comentários por escritores. É um drama, que retrata a situação do negro mediante o preconceito da sociedade americana.
Os dez melhores livros da literatura abrangem uma perspectiva de mundo visando à época em que foi escrita, como por exemplo, Ilíada e Odisséia de Homero narram os triunfos da Guerra de Tróia e o poder de dominação grega sobre o mundo conhecido. Enquanto que o Homem Invisível de Ralph Ellison apresenta alguns fatos chocantes sobre a inserção do negro na sociedade dos Estados Unidos.
Foram obras que marcaram o pensamento de uma geração e inovadores para despertar nos leitores a reflexão sobre acontecimentos cruciais que a humanidade estava vivenciando. De modo geral, os dez melhores livros da literatura estrangeira fazem uma crítica social, abordam um problema que em contrapartida afeta a todos de forma direta ou indireta.
As obras clássicas serviram de base para outros escritores, influenciando ideias novas e reflexões sobre o mundo e a sociedade. Estas obras literárias marcam um período histórico chocante ou abordam os temas relevantes da sociedade de forma cômica e comediante, como faz Dante Alighieri, ao escrever a Divina Comédia. Os dez melhores livros de literatura estrangeira são até hoje reeditados e lidos por milhares de leitores em todo o mundo, considerado como livros clássicos de todos os tempos.

Por Guilherme Paixão Campelo




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...