Quem foi Hebe Camargo?


Popularmente conhecida como Hebe Camargo, nascida em 8 de Março de 1929 em Taubaté e morreu em São Paulo no dia 29 de setembro de 2012. Hebe foi atriz, humorista, apresentadora e cantora, sendo considerada a rainha da televisão brasileira, graças a sua simpatia e carisma.
 Era filha de Sigesfredo e Esther Magalhães, com uma vida humilde e simples, Hebe conseguiu freqüentar até o quarto ano do primário, mas era com entusiasmo que a menina acompanhava o pai nas festas e outras apresentações, pois Sigesfredo era cantor e renomado violinista.



Os Primeiros Passos para a Carreira

Em 1943, a família de Hebe mudou-se para São Paulo e seu pai integrou-se a Orquestra da Radio Difusora como regente e sempre levava consigo a filha e aos 15 anos Hebe iniciou na rádio Tupi como cantora.
Mais tarde Hebe juntamente com uma de suas irmãs e algumas primas começam a apresentar o “Dó-Re-Mi-Fá e depois Hebe forma uma dupla caipira junto com sua irmã Stella Camargo.
Hebe ficou popularmente conhecida como a “estrelinha do samba”, após gravar um disco que homenageava Carmen Miranda.
A convite de Assis Chateaubriand, Hebe iria cantar o “Hino da Televisão” que foi um dos primeiros eventos de transmissão ao vivo da televisão na Rede Tupi, evento que foi substituído por Lolita Rodrigues.
Uma apresentação feita Hebe que ficou considerada como uma relíquia da TV, onde ela se encontra sentada sobre um balanço de parque infantil juntamente com o cantor Ivon Curi.

O Auge da Carreira de Hebe Camargo

Em 1957 Hebe passa a tingir os cabelos de louro, tornando-se uma marca registrada da humorista e em 1964, Hebe abandona o programa “O Mundo é das Mulheres” para casar-se com Décio Cupuano e tiveram um filho chamado Marcello de Camargo Cupuano.
Em 1966 Hebe começa a apresentar o Programa Hebe, no qual ela foi consagrada entrevistadora e tornando-se uma líder de audiência na programação dominical.


Muitas outras personalidades passaram pelo famoso sofá da Hebe Camargo, sobretudo, na Jovem Guarda, onde os entrevistados eram submetidos a entrevistas com temas variados e descontraídos, quebrando velhos tabus sociais e discutiam sobre separações conjugais, erotismo e fofocas.
Hebe Camargo atuou em renomadas emissoras da televisão brasileira, sendo elas: Rede Record e Bandeirantes e em 1985 foi contratada pelo SBT, apresentado o programa “Hebe”.

Hebe Camargo e sua vida fora das telas

Hebe casou com Décio Cupuano em 14 de julho de 1964, quebrando a tradição de se casar de branco e entrou na igreja com um vestido rosa, pois Hebe achava ridículo casar-se como uma donzela.
No primeiro ano do casamento Hebe descobriu que estava grávida e em 1965 deu à luz a Marcello.
O marido Décio era muito ciumento e não permitia que Hebe se apresentasse na TV, o que fez com que a apresentadora se afastasse da televisão e rádio por quase um ano.
Hebe teve um período conturbado na juventude, pois em sua primeira relação sexual ficou grávida do empresário Luis ramos e os dois viviam brigando, o que fez Luis a abandoná-la. Tentando evitar um vexame e uma vergonha para sua família e ela temia que pudesse ser expulsa pelos pais de casa, decidiu realizar um aborto, cujo procedimento foi sem anestesia, com o propósito de tirar o feto.


Após este procedimento, Hebe continuou mal e sentiu muitas dores e hemorragias omitindo a verdade dos pais, alegando estar com fortes cólicas.
Hebe se destacou na televisão brasileira, faz inúmeros programas e apresentações, uma mulher de garra e aventureira, que conquistou o público brasileiro elegendo-a como a Rainha da Televisão.
Esta grande personalidade deixou as telas da TV em 29 de setembro de 2012, com 83 anos vítima de uma parada cardíaca e após a morte da apresentadora, uma Avenida de São Paulo teve seu nome como homenagem.

Por Guilherme Paixão Campelo


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...