Brusque alerta baianos sobre extermínio


A cidade de Brusque - SC, localizada no vale no Itajaí, anunciou meses atrás uma carta direcionada as baianos sobre um suposto extermínio, alegando que a migração nordestina está incomodando a paz e o sossego da população. 
No Brasil há o direito de ir e vir, mas algumas cidades do sul do Brasil são bem radicais quanto a migração. Esta atitude remete-se a antiga prática na política nascente de Maquiável. Muitas pessoas invadiam países da Europa e levavam doenças e outros males, acabando com a tradição de toda uma civilização. Mas o rei controlava estas invasões de forma sangrenta, afim de inibir um colapso social pelos imigrantes, que por um lado destruíam as tradições de um povo e roubavam um legado cultural, as vezes até  milenar. 
Fenômenos sociais como este foi sentido décadas atrás na Argentina, onde houve um extermínio em massa de pessoas afro-descendentes. Em países fechados da Europa, fatos semelhantes são bem comuns, onde o governo deporta as pessoas que não de adaptam as exigências políticas dos países "civilizados".
A atitude da população de Brusque em exterminar os nordestinos, sobretudo, os baianos é uma atitude incomum em nosso país. Cada região brasileira possui suas tradições e culturas, mas no sul do Brasil, as pessoas se engajam em trabalhar e lutar para conquistar a independência financeira, mas se algo os rouba este legado, são obrigados a tomar uma atitude drástica. 
O extermínio de pessoas de outras regiões não se enquadram numa manifestação social ética, mas uma vez que estas pessoas perturbam a paz e o sossego de uma população inteira, devem se adaptar a cultura social e consequentemente aos seus hábitos e jamais desejar que a população local se adapte a cultura forasteira.
Enfim, como diz o ditado popular, "se vives em Roma, comporta-te como um romano" e se vives em Brusque, comporta-te como se fosse um brusquense.

Segue abaixo a carta destinada aos baianos:


Por Rende Così e Guilherme Paixão Campelo
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...