Os piores vilões das novelas da Globo


Nas novelas da Globo é comum a trama ter o bom mocinho, o herói e também um vilão, para dar adrenalina na história. Novelas sem vilão não tem graça. O mais interessante de se acompanhar uma telenovela é o jogo de confrontos: alguns fazendo o mal e outras querendo arruinar com vida de todos. 




Alguns vilões ao invés de nos passar medo e aversão, acabam sendo mais divertidos do que os outros personagens. Como por exemplo, a Carminha de Avenida Brasil e a Nazaré Tedesco em Senhora do Destino. Com uma pitada de bom humor e diversão, a Nazaré Tedesco descontraía muita gente com um vocabulário só dela: "Nhaca de cadeia, pitbul fêmea" e por aí vai. Enquanto que a Carminha, interpretada por Adriana Esteves, alegrou as suas cenas de puro ódio dando chiliques de mulher histérica e demonstrando-se uma verdadeira neurótica e louca varrida, ao qual o marido Tufão nem esquentava com as maluquices da esposa. As cenas eram divertidas, contando ainda mais com as caras e bocas que ela fazia.


Felipe Barreto - O Dono do Mundo - 1991
Felipe Barreto - Antônio Fagundes, é um inescrupuloso cirurgião plástico, que ao longo da trama inferniza a vida da inocente Márcia - Malu Mader. Felipe seduz Márcia na noite de núpcias, fazendo com que seu esposo Walter se suicida. Márcia não admite o que houve e se torna uma mulher obcecada por fazer vingança com as próprias mãos.


Higino Ventura - Força de um Desejo - 1999
O sanguinário Higino não media esforços em fazer as maiores crueldades para tentar conseguir ser barão. Henrique Sobral era o seu maior desafeto. Mas as crueldades eram com a escrava branca Olivia Xavier, interpretada por Cláudia Abreu.
As crueldades do mascate Higino eram torturas e humilhações a pobre escrava, ao qual no meio da trama ela começa a enganar os sentimentos do vilão e escapa de suas maldades diabólicas.


Leôncio - Escrava Isaura - 1976
O temido Leôncio também é um dos vilões mais carrascos da teledramaturgia. Leôncio era apaixonado pela sua escrava, Isaura, interpretada por Lucélia Santos. Não sendo correspondido no amor, o ardiloso vilão esconde a carta de alforria da moça e a submete nos mais terríveis castigos.


Bia Falcao - Belíssmima - 2005
A bondosa e carismática Fernanda Montenegro deu um show de malvadeza ao interpretar a cruel Bia Falcão. Uma mulher grã-fina e audaciosa, ela foi capaz de projetar a sua própria morte e sequestrar a bisneta, tudo por uma questão pessoal: ficar no comando da sua família.


Odete Roitman - Vale Tudo - 1988
Beatriz Segall interpretou uma das maiores vilãs das novelas da Globo - Odete Roitman. A vilã era rica e se sentia superior a todos devido a sua posição social. Infernizando a família e todos a sua volta, Odete Roitman era uma mulher ardilosa e de sangue frio. Calculista. Após sua morte, permaneceu um mistério no ar: Quem matou Odete Roitman? Essa incógnita tornou-se clássica e um tanto curiosa na história da teledramaturgia brasileira. 


Clóvis - O Profeta - 2006
O perigoso Clóvis - Dalton Vigh, atormentou a vida da doce Sônia - Paola Oliveira. Ardiloso e sem nenhum pingo de amor no coração, o temível Clóvis era capaz de passar por cima de todos para conquistar seus desejos. Apaixonado por Sônia, o vilão não moveu esforços para conquistar a jovem, ao qual depois de casada, passou a viver os piores momentos da sua vida. Clóvis era um vilão sangue frio e ao mesmo tempo com um temperamento dócil, para iludir as pessoas que cruzavam seu caminho.

Por Guilherme P. Campelo




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...